Posts Tagged ‘graffite’

Street Art no Japão

May 28, 2009

Esse video foi feito por um grupo de Japonenes que se chama Rinpa Eshidan. O grupo tem feito projetos muito interessantes, esse por exemplo consiste em uma semana de filmagem nas ruas com os mesmos pintando entre os transeuntes.

Advertisements

Claudio Ethos

May 19, 2009

arts

Outro Street artista brasileiro de destaque internacional, Claudio Ethos:

 

claudio_ethos_30claudio_ethos_52claudio_ethos_a1claudio_ethos_brasil_11claudio_ethos_f7claudio_ethos_saopaulo_17claudio_ethos_truck_2ethos100ethos_ignoto_londrinaethos_night_action_paraguayethosbraz1ethosyo1ethosbraz2ethosbraz3ethosbraz4ethosbraz6ethosbraz9ethosbraz10ethosjun1ethosjun2ethospopo1ethospopos2

Street Art na Câmara dos Deputados

May 16, 2009

arts

O cenário da street art brasileira está cada vez melhor.  Certamente reflexo do enorme sucesso internacional dos street artistas brasileiros. O que é bom para todos. Com abertura no dia 2 de Junho em Brasília a exibição “Reciclando cidades e conceitos” tem como objetivo reunir vários artistas para trabalharem com materiais recicláveis, mais especificamente em tapumes de caminhão, para serem exibidos no Espaço Cultural Zumbi dos Palmares na Câmara dos Deputados. Nunca a Street Art foi tão valorizada, principalmente no Brasil. Parabéns para a curadoria e aos artistas convidados. Dentre eles:Cena7, Emol, Zeila, Tikka Meszaros, Suzue, Virgilio Neto, Rodrigo Obranco, Ebert Calaça, ONIO, Gejo, Cesar Profeta, PR!, Jhoao H3nr, OZI, Lia Fenix, FEIK, Rodrigo Level, Nick Alive, GEN e Binho Martins. Segue a apresentação do evento e trabalhos de alguns artistas:

B1

 

 

Emol

Emol

Rodrigo Level

Rodrigo Level

 

Tikka Meszaros

Tikka Meszaros

Cena7

Cena7

Zeila

Zeila

Stickers

May 12, 2009

artsA prática do street art foi sempre confundida com o vandalismo. Esse é um ponto delicado pois realmente essa prática não a torna imune da poluição visual e vandalismo do que é público, a não ser é claro quando esse ato é considerado uma forma de arte. Um argumento que Street Artistas usam para se defender é que realmente nas grandes metrópoles existe tanta poluição visual que sua forma divertida e inteligente de colar adesivos em lugares dos mais inusitados e de formas das mais criativas, fazem com que o transeunte pelo menos se questione, se divirta, se distraia do caos urbano. 

Essa premissa arte/vandalismo possui origens nas pichações primárias que realmente poluíam um muro privado ou um patrimônio público com letras características que tinham como objetivo apenas marcar território ou apenas sentir um outlaw. Até que as pichações tambêm adquiriram um novo aspecto formal que inovava os antigos rabiscos ininteligíveis, como por exemplo figuras realizando interações com o meio, traços inconfundíveis, enfim, uma série de fatores que contribuíram para a evolução dessa técnica e das várias outras que compõe o cenário da street art como os Stencils, os Graffites e os Stickers. Que serão discutidos em posts futuros.

Hoje o assunto principal são os stickers. O que são eles? São adesivos dos mais variados tipos, se poderia até dizer que são uma espécie de tags semi-industrializados, pois podem ser feitos em casa com impressoras e pronto, é só bombardear as ruas com esses divertidos decalques. No entanto não são somente os adesivos impressos que são considerados stickers. A Sticker Art seria considerada toda forma de colagem sobre superfícies com informações incisivas em qualquer lugar possível . Existem dos mais variados tipos de stickers, desde os mais rudimentares, feitos à mão desde mosaicos de pequenos azulejos, que são o trabalho dos Space Invaders.

Seguem alguns stickers de Barcelona e Nova Yorque:              

sticker1stickers2stickers3stickers4IMG_0083IMG_0081IMG_0070stickers5IMG_0076IMG_0082IMG_0078IMG_0077IMG_0074IMG_0072